quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Once a star, always a star

Nada me dá mais desprazer do que ler uma notícia perfeitamente decepcionante relativa a alguém que, em alguma altura da minha vida, já teve alguma importância.
Tal como aconteceu com George Michael, mais um dos meus idolos da musica dos anos 80 dá que falar, e não pelas melhores razões. Neste caso até, pelas piores. Ao que parece o Sr. Boy George "Did really want to hurt" um outro senhor que aparecera lá por casa e a quem a "Pop Star" achou por bem aprisionar. Enfim. As pessoas mudam e nem sempre é para melhor. No meu imaginário perdurará esta imagem do senhor, já que a actual...


Discover Culture Club!

1 comentário:

nuxa disse...

A última vez que ouvi falar dele tinha vindo a Lisboa a convite de alguém como Dj... O que se passa com esta gente?