sexta-feira, 15 de julho de 2011

Concerto dos Iron Maiden em Faro (à minha maneira)

Se há meia dúzia de anos atrás, me tivessem dito que, um dia, iria assistir a um concerto dos Iron Maiden, eu era bem capaz de torcer o nariz. Mas a vida tem destas coisas, as pessoas mudam e nesta fase em que me encontro, em que tenho a sensação de que há tanta coisa que não vi nem vivi, apetece-me ir a todas (ou às que puder, vá). Dei, então, por mim toda empolgada com a oportunidade de ver esta magnífica banda (que é!) ao vivo. Não me eram de todo estranhos, nos finais da década de 80 as suas musicas eram uma constante lá por casa (não por minha iniciativa, mas ainda bem que o eram). O ouvido acabou por se tornar sensível às melodias, à sedução das guitarras, às letras cheias de conteúdo. Até hoje, há algumas que me fazem sorrir especialmente quando as oiço num qualquer lugar.
Quanto ao concerto de ontem, digamos que, se não tivesse ido, não me perdoaria. Os Iron são GRANDES! O espectáculo foi de uma grandiosidade assinalável e os tão amados (e respeitados) membros da banda são uns "sinhores" em palco, o que nos leva a perceber imediatamente porque é que os Iron Maiden têm o significado e a importância que têm no universo musical, especialmente no "seu" universo musical.
Não sei se houve "Wasted Years", a minha eleita da banda. Por qualquer uma confusão de horários (ao que parece, tudo aconteceu mais cedo, pois hoje (15/07) já têm compromissos em Barcelona), já tinha começado o concerto quando cheguei. Não sei bem o que perdi, mas não gostei de ter perdido o que quer que fosse. O atraso fez também com que não conseguisse uma posição muito privilegiada para registar como gostaria (e dentro do possível), o evento, mas partilho convosco as imagens que consegui.
Resta-me dizer-vos que, cá por casa, ainda guardamos alguns discos dos Iron em vinil. Nomeadamente, "Seventh Son of a Seventh Son", "No Prayer for the Dying", "Flight Of Icarus"e os singles "Run to the Hills" e "The Trooper". Sem duvida que continuaremos a guardá-los com o carinho que nos merecem.
Seguem-se as fotos para ficarem com uma ideia do que vi.








10 comentários:

Tiago@Lena disse...

Gostei de ler o teu post. Realmente foi frustrante pois fiz alguns km para os ver (vim de beja) dps de sair do trabalho as 18. Quando cheguei ja tinham tocado 3 musicas. Nao tocaram os wasted years. O meu registo favorito é "hallowed be thy name". Apesar de ter chegado tarde, consegui ainda uma boa posiçao, pois furei furei furei ate uns 15m do palco. Beijinho e "up the irons!" (Tiago)

memyselfandi disse...

Olá Tiago,

Pois... pelos vistos não fui a única. Olha, acabei por não perder o "Wasted Years".. =) Muito obrigada pelo comentário e pela tua partilha sobre o evento. "up the irons" it is! =)

tarzanboy disse...

Na escola, tinha um amigo que ouvia IM e me obrigava a ouvir quando ia a sua casa. Acho que era o álbum Seventh Son of a Seventh Son, que tem, acho eu, o Can I Play With Madness, certo? Achava piada à mascote e ainda acho. A sobreposição das guitarras em melodia também é fixe. Mas nunca fui fã, claro. Não era a minha onda.

Gostei do texto e das fotos. O palco estava um espectáculo!

memyselfandi disse...

Certo! =) O palco estava um espectáculo, sim senhor! O concerto todo foi um, aliás.
Obrigada!

Helena disse...

Ainda bem que gostaste! :)

memyselfandi disse...

Olá Helena! =) Gostei bastante, a sério! Estes senhores ao vivo são mesmo grandes!
Beijinho!

Rui disse...

Muito engraçado ler isto. Com quase 40 anos perdi a conta aos concertos de Maiden (assim os chamam os "hardcore fans" lol), e pensava que era o meu resíduo de "puto" que me levava a ainda "amar" a sua música... quando, na realidade é a qualidade que conta. Essa é eterna. Up the Irons, que somos muitos.

NUXA disse...

E vá! Mais uma grande partilha! Obrigada!

Bj.

memyselfandi disse...

Serão muitos os factores que contribuem para que os seguidores dos Maiden se mantenham fiéis, tu enumeraste alguns, sem dúvida. Também achei o teu comentário engraçado e espero que o teu "resíduo de puto" =) se vá mantendo por aí.
Up the Irons, Rui! =)
Obrigada pelo comentário!

memyselfandi disse...

NUXA, obrigada também por apreciares a partilha.
Jt!