quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

E quando pensarmos que os nossos problemas são os maiores do mundo...

é melhor pensarmos outra vez!

http://www.cruzvermelha.pt/cvp_t/noticias/foto_not_13jan10.jpg

Créditos fotográficos: Matthew Marek / American Red Cross
Um terramoto devastador medindo 7.3 na escala de Richter atingiu o Haiti no passado dia 12 de Janeiro. Estima-se que cerca de 3 milhões de pessoas tenham sido afectadas.
O terramoto atingiu a capital Port-au-Prince e outras áreas do país. A zona ocidental do Haiti, com uma população de 2.2 milhões, foi a mais atingida.
A Cruz Vermelha Portuguesa vai enviar imediatamente 25.000 Euros do seu Fundo de Emergência, como primeiro passo para suportar o enorme esforço de socorro que se está a organizar. No entanto, a colossal dimensão deste desastre demonstra que muito mais vai ser necessário.
Com a proposição "Ajude o Haiti, agora!", a Cruz Vermelha Portuguesa, no quadro do Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, vem apelar à comunidade portuguesa para apoiar as vítimas do terramoto no Haiti.
Segundo Luís Barbosa, Presidente Nacional da Cruz Vermelha Portuguesa, "É muito importante que a ajuda humanitária chegue nos primeiros dias após este tipo de catástrofe. Quanto mais depressa a ajuda chegar, mais vidas se podem salvar."
Os voluntários da Cruz Vermelha estão no terreno a assistir os feridos e a apoiar os hospitais que não têm capacidade para lidar com esta emergência.
As necessidades mais urgentes, até ao momento, são: salvamento e resgate, hospitais de campanha, cuidados de saúde de emergência, purificação de água, abrigos de emergência, logística e comunicações.
A Cruz Vermelha do Haiti dispõe de stocks para assistir 3.000 famílias, incluindo stocks para 500 famílias em Port-au-Prince. Estes artigos de emergência consistem em utensílios de cozinha, kits de higiene pessoal, cobertores e contentores para armazenar água.
A Federação Internacional das Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha/Crescente Vermelho mobilizou uma equipa especializada em resposta a desastres, saúde em emergência e logística, que deverá chegar ao Haiti ainda hoje ao final do dia para apoiar a CV do Haiti e coordenar a assistência dos organismos do Movimento Internacional da Cruz Vermelha/Crescente Vermelho.
........................................................................................................................................................................................
As formas de donativo para o Fundo de Emergência da Cruz Vermelha Portuguesa - apelo vítimas do Haiti, são as seguintes:
1. Nas caixas multibanco ou por netbanking, optando por "pagamento de serviços" e marcando entidade 20999 e referência 999 999 999.
2. Efectuando um depósito ou transferência bancária para as contas "CVP - Fundo de Emergência."
Banco
Nº conta
NIB
Millennium BCP
45307610691
0033 0000 4530 7610691 05
CGD
0027082402230
0035 0027 0008 2402230 53
BPI
3631911 000 001
0010 0000 3631 9110001 74   
Santander Totta
000314691778020
0018 0003 1469 1778020 27
BES
0001 4968 7394
0007 0000 00149687394 23
C.E.Montepio Geral
087100053716
0036 0087 99100053716 51
Barclays
117201022464
0032 0117 00201022464 75
BANIF
57/629520
0038 0057 00629520771 72
BPN
026511345-10-001
0079 0000 26511345101 76
3. Enviando um Cheque ou Vale Postal pagável à CVP - Fundo de Emergência para o Departamento Financeiro da Sede Nacional da Cruz Vermelha Portuguesa (Jardim 9 de Abril, nº1 a 5, 1249-083 Lisboa).
Nota: Estes donativos são dedutíveis nos impostos.

http://www.cruzvermelha.pt/cvp_t/noticias/not_13jan10.asp